Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Silvestre

Mãe de um lindo rapaz e agora também de uma linda princesa.

Mamã Silvestre

Mãe de um lindo rapaz e agora também de uma linda princesa.

Outono: O desafio!!!

outono_01-600x400.jpg

A querida mami lembrou-se de mim para responder a algumas questões sobre o Outono. Mami muito obrigada pelo miminho .

 

Então vamos lá...

 

Para mim outono rima com! 

Dias mais curtos... noites mais longas...

 

As minhas cores de outono são!

Laranja... aquele laranja da cor das abóboras do Halloween.

 

A minha fruta preferida de outono!

Dióspiros... adoro, adoro, adoro!!!

 

A maior celebração de outono!

É não uma mas sim duas... são os aniversários dos meus filhotes...

  

O que mais gosto nesta estação!

Passear no parque e ver aquelas folhas todas caidas no chão...

 

O que menos gosto nesta estação!

Não saber o que vestir... tenho medo de ter frio, depois tenho medo de ter calor... passo os outonos nisto... 

 

Nomeio agora todos os que passem por aqui a responderem nos vossos blogs! Olhem que vou ficar à espera de ler essas respostas!!!

 

Bom fim de semana.

Beijinhos e abraços,

MS

 

#7 Ser mãe...

... é assistir a coisas destas!!!

 

Uma manhã antes de ir para a escola...

R.: ... ò mãe estou muito quente... devo estar com febre... é melhor ficar em casa!

MS: (depois de dar uma beijoca e pôr a mão na testa do pequeno)... mas tu não estás nada quente, até tens a testa bem fresquinha.

R.: É melhor veres com o termómetro... mas olha que se o termómetro disser que eu não tenho febre é porque está estragado!

MS: ... que espertinho!

 

 

Beijinhos e abraços,

MS

Quando eles entram para a creche pela primeira vez...

1st day school.png

 

 A C. já está super integrada na escolinha, hoje quando entrei e uma das auxiliares a chamou para o colo, ela abriu os braços, olhou para mim e lançou-me um sorriso como quem diz "vai mamã que eu fico bem"!

 

Confesso que hoje fiquei super descansada, pois aquele choro dos primeiros dias já não existiu, e porque pela primeira vez não a entreguei e sai pé ente pé ou a correr, como se fosse "a fugir à policia".

 

Na véspera do seu primeiro dia veio-me à memória a entrada e a integração do R. essa sim muito difícil e que durou muito mas muito tempo... todos os dias durante o primeiro ano ficou a chorar e eu saía a chorar, chorava para dentro para não mostrar a ninguém as minhas fraquezas... ninguém imagina o que chorei.

 

No 2º ano o choro começava em casa e o meu desespero também, mas mais uma vez a minha tristeza de o ter que levar era disfarçada com um sorriso na cara e "segue em frente que atrás vem gente". No 3º ano, as coisas melhoraram, pois apesar de não ir com cara de muitos amigos o R. já não dava grande "espectáculo".

 

Disseram-me que os rapazes são muito mais difíceis, porque são mais agarrados à mãe, mas na véspera do primeiro dia da C., nem essa ideia me animava e o meu coração já andava aos saltos, e sentia aquele aperto só de imaginar como iria ser com ela.

 

Mas com ela foi diferente, e não é por não ser "tão agarrada à mãe" é porque cada ser humano tem as suas características, os seus feitios e reage de maneira diferente as situações com que se depara. Pois quando a mãe chega ela é tão agarrada à mãe como o irmão.

 

E por ai? Ainda se lembram do primeiro dia dos vossos filhotes?

 

Beijinhos, abraços e um excelente fim de semana!

MS

 

Fim da licença parental :(

Com a entrada da C. na escolinha e a sua integração feita não se justificava continuar em casa, então voltei ao trabalho, mas com o regresso ao trabalho impunha-se o fim e o cancelamento da licença parental.

 

Ontem, depois de algumas tentativas para cancelar o tempo que ainda tinha de licença, lá consegui tratar de tudo no instituto da segurança social, confesso que nunca me tinha passado pela cabeça ser tão difícil conseguir uma senha. Mas depois de algumas idas em vão lá consegui... acreditam que às 09h30 já não havia senhas (e aquilo abre às 09h00).

 

Enfim, esquecendo as dificuldades de aceder aos nossos serviços, o cancelamento foi super rápido e a senhora super simpática, mas quando sai de lá ficou a nostalgia de agora ter menos tempo para estar em casa.

 

Fazendo uma pequena reflexão de tudo o que esperei fazer durante este período, e do que realmente fiz, posso concluir que vida de mãe não é fácil e as "obrigações" do dia à dia, muitas vezes levam a melhor e retiram-nos mais de metade do tempo que queriamos dedicar a eles.

 

Se a expectativa era mais ou menos isto...

licenca expectativa1.jpg

 

A realidade foi mais ou menos esta...

licenca realidade.jpg

 

Imaginem agora para onde me apetecia mandar os colegas de trabalho que me perguntavam como tinham sido as minhas férias... das duas uma, ou nunca tiveram filhos, ou já foi há tanto tanto tempo que já se esqueceram da trabalheira que é.

 

Beijinhos e abraços,

MS 

Hoje está um lindo dia para voltar!!!!

voltei.jpg

É verdade estou a voltar à normalidade... já tenho os dois catraios na escolinha, já voltei ao trabalho e agora é também hora de voltar ao blog... não sei se a 100% mas pelo menos vontade disso não falta.

 

Andei ausente porque a C. só tinha vaga na creche em Setembro e como tal tive que aproveitar o tempo que tinha para estar com ela. Mas agora é hora de me colocar a par das novidades que aconteceram por aqui e também de animar aqui o blog que tem ando paradito.

 

E digam lá se não está um lindo dia para voltar?! Eu acho que sim!!!

 

Beijinhos e abraços,

MS

Varicela aos 8 meses

Foto Intro.jpg

Quando há duas semanas atrás escrevi sobre a varicela do R. andava a fazer figas para a minha pequena não apanhar, pois ainda é tão pequenina que nem queria imaginar vê-la cheia daquelas borbulhinhas chatas.

 

Em conversa com a pediatra, ela tinha-me dito que apesar de ser muito contagioso (principalmente os 2 dias que antecedem às primeiras borbulhas) como ela ainda estava a ser alimentada com leite materno poderia ter a sorte de não apanhar.

 

Então lá fui eu para casa com o pequeno R. com esperança que tal não acontecesse mas, a pobre C. não se safou da malvada e, na semana passada (precisamente 15 dias depois do R.)  já estavam a aparecer as primeiras borbulhas, em menos de 24 horas toda ela virou uma pequena princesa sarapintada.

 

Foram 5 dias difíceis, principalmente os 3 primeiros, pois as borbulhas triplicaram o seu tamanho e estavam tão vermelhas que pareciam inflamadas, o que resultava mesmo e ajudava a diminuir aquela vermelhidão era os banhos mornos com o óleo para peles atópicas.

 

Também perdeu o apetite, tal como aconteceu com o irmão, nem lhe conseguia dar uma sopa, o que a "salvou" de passar "fomeca" foi mesmo o meu leite esse não negava.

 

Quanto à comichão os entendidos dizem que "os bebés não conseguem coçar-se e não têm noção da comichão", realmente ela esteve quase sempre bem disposta mas se tinha comichão ou não, não faço ideia.

 

Também não fez febre, ao contrário do irmão que fez febre alta e teve que tomar paracetamol. Ahhh...fica a informação para quem possa ler e estar a passar pelo mesmo... "não deve ser ministrado nem ibuprofeno, nem aspirina".

 

E assim tem sido o meu ultimo mês rodeada pelo varicella zoster. Mas, apesar dos meus medos, tudo correu bem e agora já está melhor.

 

Boa semana a todos.

Beijos e abraços!

MS

Houve festa na aldeia

Todos os anos, no segundo fim de semana de Julho, rumamos à aldeia dos meus pais para a festa lá da terra, é um fim de semana que a aldeia fica cheia de vida e de pessoas, aliás há muita gente que não vimos durante o ano e é neste fim de semana que os encontramos.

 

Ir já é uma tradição, só me lembro de ter faltado duas vezes nestes 32 anos, uma devido a trabalho e outra porque o R. estava doente. Os organizadores esforçam-se para que tudo corra bem e os filhos da terra juntam-se para os ajudar a que nada falte, são poucos, mas bons até porque a festa tem ganho nome e visitantes ano após ano.

 

Todos os anos é engraçado ver o reencontro das família e amigos, as apresentações dos novos membros da família e as pessoas sentadas a olhar quando chega alguém à festa para ver se é da terra ou forasteiro. E as conversas?!... É tão giro ouvir as conversas... "olha é o neto de fulana", "ohhh aquele é que namora com a filha da vizinha" ... "há tanto tempo que não a via!!! Tá boa"... e só aqui para nós estar boa normalmente é sinónimo de estar gorda.

 

Quanto ao divertimento, quem já foi a estas festas sabe com o que pode contar, música, convívio, boa comida e bebida e muita muita rifa.

O R. adora tirar rifas e tem sorte na quantidade, já na qualidade dos prémios nem vou comentar .

 

IMG_0006.JPG

O meu fim de semana foi assim e o vosso foi bom?

Boa semana!!!

Beijinhos,

MS

 

 

 

Varicela??? Outra vez??? Não!!!

Sabem aquilo do "pressentimento de mãe" e "a mãe sabe tudo" ou "a mãe tem sempre razão"??? Pois tenho que começar a acreditar nisso para situações futuras. Então não é que, à cerca de um ano atrás, escrevia eu este post sobre a varicela do R. e hoje volto a escrever, pois o pequeno R. à uma semana foi presenteado com "mais uma dose".

 

Eu bem que me pareceu estranho as borbulhas serem tão poucas, e não terem o aspecto das que eu tinha estado a ver na internet, mas a mãe não é médica, e toca de cumprir escrupulosamente com tudo o que a senhora doutora disse. Inclusive, tomar algumas medidas devido à minha gravidez, e o rapaz teve que andar a tomar medicação durante quase 2 semanas.

 

Este ano (e na mesma altura) voltam a aparecer as malvadas das borbulhas, a mesma quantidade, iguais as do ano anterior,no mesmo local do corpo e com o mesmo aumento de temperatura... chamo o S. para ele ver e chegamos à conclusão de que se o R. não tivesse já tido varicela era desta que ia apanhar.

 

Mas este ano foi diferente, R. foi dormir, já sem febre, e quando acorda no dia seguinte parece ter sido invadido por um exército de borbulhas que se alojaram por todo o corpo, fomos a urgência e pediatra diz que desta vez é mesmo varicela e que não havia dúvida nenhuma, pois, coitado do rapaz estava completamente minado, era de uma ponta à outra e até o couro cabeludo estava cheio. Tudo isto em menos de 24 horas.  

 

Falei-lhe do ano anterior e das duas uma, ou foi feito diagnóstico errado ou foi um episódio tão ligeiro que fez com que ele não ficasse imune. Mas desta vez sim, penso que o estrago lhe tenha dado imunidade, pelo menos comichão deu-lhe bastante.

 

Quanto a medicação voltou a tomar o zovirax, desta vez receitaram-lhe também o atarax mas o rapaz teve efeitos secundários e só tomou dois dias, o que ajudou com a comichão foi mesmo um gel da uriage receitado pela pediatra, o pruriced, e os banhos em água morna com um óleo que comprei da mustela para pele atópica (ideia aqui da mamã ).

 

Como vêem estou a ficar especialista em varicela pelo que se precisarem de alguma coisita apitem.

2747564843_e24567d6de_z.jpg

Beijinhos

MS

Onde andas ò sol de Julho????

E quando eu pensava que não se iria repetir o que aconteceu em Junho (nem vos conto os dias que apanhei nas minhas férias) eis que o Julho começa sem o sol que tanto ansiamos.

 

Julho, mês de sol, de praia, de piqueniques no jardim surge agora, tal como Junho, como um mês bipolar onde num só dia passamos por todas as estações do ano.

 

Ir de férias com este tempo, para mim foi sinónimo de preparar as malas a pensar nas 4 estações do ano. É que se com estes catraios já é difícil preparar as malas a pensar numa só estação, imaginem este ano, pois a tarefa complicou-se.

 

Ainda por cima anda uma pessoa a comprar coisas giras para os pequenos levarem para a praia e depois acaba por ter que andar com eles embrulhados com medo que fiquem constipados.

 

Mas há que ser positivos e pensar que ao menos o tempo esteve bom para brincar com papagaios.

 

 

Já estou por cá

Boa semana!!!

Beijinhos

MS

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Direitos de Autor

Algumas imagens utilizadas no Blog não são da minha autoria e podem não estar devidamente identificadas. Caso alguma esteja protegida por copyright, agradeço que me contactem, para que tome as devidas providências. Obrigada!!! mamasilvestre@sapo.pt

Calendário

Outubro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.