Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mamã Silvestre

Mãe de um lindo rapaz e agora também de uma linda princesa.

Mamã Silvestre

Mãe de um lindo rapaz e agora também de uma linda princesa.

Varicela??? Outra vez??? Não!!!

Sabem aquilo do "pressentimento de mãe" e "a mãe sabe tudo" ou "a mãe tem sempre razão"??? Pois tenho que começar a acreditar nisso para situações futuras. Então não é que, à cerca de um ano atrás, escrevia eu este post sobre a varicela do R. e hoje volto a escrever, pois o pequeno R. à uma semana foi presenteado com "mais uma dose".

 

Eu bem que me pareceu estranho as borbulhas serem tão poucas, e não terem o aspecto das que eu tinha estado a ver na internet, mas a mãe não é médica, e toca de cumprir escrupulosamente com tudo o que a senhora doutora disse. Inclusive, tomar algumas medidas devido à minha gravidez, e o rapaz teve que andar a tomar medicação durante quase 2 semanas.

 

Este ano (e na mesma altura) voltam a aparecer as malvadas das borbulhas, a mesma quantidade, iguais as do ano anterior,no mesmo local do corpo e com o mesmo aumento de temperatura... chamo o S. para ele ver e chegamos à conclusão de que se o R. não tivesse já tido varicela era desta que ia apanhar.

 

Mas este ano foi diferente, R. foi dormir, já sem febre, e quando acorda no dia seguinte parece ter sido invadido por um exército de borbulhas que se alojaram por todo o corpo, fomos a urgência e pediatra diz que desta vez é mesmo varicela e que não havia dúvida nenhuma, pois, coitado do rapaz estava completamente minado, era de uma ponta à outra e até o couro cabeludo estava cheio. Tudo isto em menos de 24 horas.  

 

Falei-lhe do ano anterior e das duas uma, ou foi feito diagnóstico errado ou foi um episódio tão ligeiro que fez com que ele não ficasse imune. Mas desta vez sim, penso que o estrago lhe tenha dado imunidade, pelo menos comichão deu-lhe bastante.

 

Quanto a medicação voltou a tomar o zovirax, desta vez receitaram-lhe também o atarax mas o rapaz teve efeitos secundários e só tomou dois dias, o que ajudou com a comichão foi mesmo um gel da uriage receitado pela pediatra, o pruriced, e os banhos em água morna com um óleo que comprei da mustela para pele atópica (ideia aqui da mamã ).

 

Como vêem estou a ficar especialista em varicela pelo que se precisarem de alguma coisita apitem.

2747564843_e24567d6de_z.jpg

Beijinhos

MS

O dia da criança é já amanhã...

...e com toda a certeza que hoje, véspera do dia da criança não há ninguém que não saiba ou que não ouviu falar que amanhã se assinala o dia da pequenada, quanto mais não seja pela televisão que nos inunda com anúncios a apelar ao consumismo, aos quais os pais respondem positivamente iniciando a procura "do" brinquedo.

 

Por todo o País, escolas e outros organismos preparam actividades especiais para os mais pequenos. É falado dos direito das crianças e dos seus deveres, das obrigações que os Pais tem para ajudar a crescer os seus filhos e do papel da sociedade nesse crescimento, mas muitas vezes esquecesse que o mais importante é as vivências que  nós pais, avós, tios, padrinhos, sociedade no geral lhes proporcionamos, pois é através dos nossos exemplos que as crianças de hoje vão ser os adultos de amanhã.

 

Não se esqueçam que as crianças aprendem o que vivem!!!

As crianças aprendem o que vivem.jpg

 

Sejam felizes e tenham um feliz dia da Criança!!!

Beijinhos,

MS

Educação à mesa

Ontem tive mais uma reunião na escola do R., aliás todos os períodos (logo desde que ele entrou no 1º berçário) as educadoras organizam estas reuniões de pais para dar a conhecer a evoluir do grupo no geral.

 

Entre outros assuntos foi falado das regras à mesa ou melhor da falta delas, pois falando de crianças com 3 e 4 anos, em grupos de 25, é difícil faze-los cumprir todas as regras que os adultos lhes incutem.

 

Segundo a educadora, apesar de estarem melhores no que diz respeito a esta situação, alguns (muitos) deles ainda não conseguem usar os talheres nas devidas condições e muitas vezes lá se desenrascam com o que têm à mão, como quem diz, com as mãos.

 

E prosseguiu dizendo que várias são as vezes que fecha os olhos e acaba por lhes dar uma colher para os ajudar com alguns alimentos mais difíceis de comer com garfo e faca para que esses não usem as mãos.

 

Não sei quanto aos outros pais, mas a mim esta situação não me choca, pois penso que apesar de ser importante ensinar as nossas crianças estas regras à mesa, não devemos ser exigentes ao ponto de obrigar uma criança com pouco mais de 3 anos a comer de garfo e faca certos alimentos, quando podem perfeitamente usar uma colher. E mesmo que usem as mãos de vezes em quando será que isto significa “falta de educação” à mesa?!

 

Durante aquela conversa lembrei-me deste poema que eu acho uma delícia:

 

À mesa

A mãe, se me vê comer com a mão,
prega-me logo uma lição!

Então, tentei comer com o pé:
Tirei o sapato, tirei a meia…
Ia levando uma tareia!

Mas amanhã não ralham comigo,
pois vou comer pelo umbigo.

Luísa Ducla Soares, in Poemas da Mentira e de Verdade

 

Bom fim de semana.

Beijinhos,

MS

Mais sobre mim

imagem de perfil

Direitos de Autor

Algumas imagens utilizadas no Blog não são da minha autoria e podem não estar devidamente identificadas. Caso alguma esteja protegida por copyright, agradeço que me contactem, para que tome as devidas providências. Obrigada!!! mamasilvestre@sapo.pt

Calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Pesquisar

 

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.